20 de mar de 2012

Resenha: Livro A Arte da Invisibilidade



A Arte da Invisibilidade                                           Autor: Allan Pitz
Editora: Dracaena
Assunto: Filosofia
Páginas: 132
Onde Comprar: Livraria Cultura                  Sinopse “A arte da invisibilidade visa condicionar o homem moderno ao intelectualismo de avanço real e lógico, natural, em acordo com sua época.
E, ousadia das ousadias, visa trazer de volta o homem pensador, que vagaria pelas prisões hipnóticas sem se deter a nenhuma delas. Apenas isso.”
     Saia da Hipnose Mundial         Temas fortes, polêmicos são abordados de forma tão eletrizante, que será impossível você ficar neutro, quanto mais impassível. Internet, cadeia alimentar, ofício de escritor, as armadilhas do invisível contidas nos padrões normalmente aceitos e muitos outros assuntos que surgem e vão sendo expelidos pela mente arguta do autor. Pitz se propõe, a despeito de críticas, incompreensões, a mexer com as percepções do leitor moderno, conclamando-o a uma abertura maior de sua consciência sobre a realidade vigente.

A Arte da Invisibilidade é um livro que acabou me surpreendendo,apesar de ser um livro fininho tem um conteúdo que requer muita atenção,por isso demorei um pouco pra terminar de ler.

O livro é repleto de tiradas ácidas do autor,que ironiza o tempo todo sobre a maneíra como a sociedade nos impõe o nosso modo de vida de acordo com os interesses de uma minoria dominante.

Nesse livro o autor nos Encoraja/desafia/convida a sair jogo da coletividade programada e ser um indivíduo, aprender a Arte da Invisibilidade,e fazer uso do sistema,não por imposição,mas sim por vontade própria,pensar e agir a sua própria vontade,sem medo de rótulos.

... a partir do momento em que a pessoa reconhece a unidade social como um jogo,uma máquina de programação,encontra-se mais apta a entrar e sair desse sistema ilusório sempre que desejar,ou mesmo da grande hipnose mundial... Apenas vagando,sorrateira,pelos caminhos da visibilidade projetada. (página 55)
Teve um capitulo do livro em que o autor faz menção ao filme Matrix, o que eu achei bem interessante,e que me faz imaginar que ele devia estar pensando na cena onde Morpheus dá a Neo a opção de escolher entre a pilula vermelha ou a azul,uma o deixaria na ignorancia e  a outra o tiraria da ilusão da Matrix abrindo seus olhos e revelando a ela a realidade tal qual ela é.
"A Arte da invisibilidade consiste em sair do círculo vicioso sempre que se quiser;o que já foi considerado pelos americanos em um de seus filmes fantasiosos (muitos com um fundinho de verdade) Escapar da Matrix é sair da realidade programada." (Página 43)
É como se o autor pegasse o leitor pelos ombros e desse um chacoalhão e dissesse: Acorda! saia dessa acomodação e deixe de ser manipulado! seja você mesmo e não o que querem que voce seja.

A arte da Invisibilidade é um livro bastante polêmico,a narrativa é hora séria,hora divertida,as vezes até um pouco dura,não que eu concorde com tudo que está escrito no livro,mas em sua totalidade é um livro interessante.

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Esse livro parece ser bem forte
    E a capa já remete a isso
    Gostei bastante da resenha

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir

 

Todos os direitos reservados ©2010 - 2012
Powered Blogger